Criptomoedas aceitas para compra de imóveis em Minas Gerais

O sucesso das moedas digitais no Brasil está abrindo caminho para investimentos em áreas de grande interesse dos brasileiros. Em Minas Gerais você pode até dar entrada em um apartamento se estiver de posse de uma boa quantia de criptomoedas em seu carteira digital. Já pensou em comprar o seu imóveis com os seus bitcoins guardados? Agora já possível!

Com 20 bitcoins é possível comprar um bom imóvel na região Centro-Sul de Belo Horizonte, uma das mais valorizadas da capital. Considerada uma forma prática e segura por especialistas, este modelo de negociação vem ganhando o apelo do conselheiro da Câmara do Mercado Imobiliário e Sindicato das Empresas do Mercado Imobiliário de Minas Gerais, Ariano Cavalcanti de Paula.

Ele pede para o mercado imobiliário do Estado aceitar o uso de moedas virtuais, que tem como carro-chefe o Bitcoin. De acordo com Ariano o comércio de imóveis com o uso do bitcoin já é uma realidade e cita como exemplo um lote em um condomínio na cidade de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, cujo proprietário aceita a moeda virtual como pagamento.

Ariano Cavalcanti de Paula
“O Blockchain pode mudar o mercado imobiliário de algumas maneiras, como facilitar transações imobiliárias e evitar fraudes. Ele pode possibilitar que todas as informações de uma propriedade possa ser digitalmente criptografadas, contendo informações habitacionais, financeiras, legais e estruturais” – Ariano Cavalcanti de Paula, presidente da Rede Netimóveis

O dono do imóvel é o advogado Carlos Henrique de Oliveira Gomes e explica que uma das vantagens é que ele pode fazer a conversão em real logo após a transação, caso ela esteja com cotação alta.

Comprar imóveis com o sobe e desce do bitcoin

Em contrapartida as moedas virtuais sofrem constantemente contra o efeito iôiô, ou seja, sobem e descem rapidamente. Se ontem o bitcoin valia R $ 36.849, não se sabe quanto ele hoje ou quanto estará valendo amanhã.

Outra questão em constante debate entre especialistas e quem usa moedas virtuais é quanto a segurança na hora de guardá-las. Algumas corretoras especializadas abrem uma espécie de conta virtual, com um código para o depósito das criptomoedas, dando uma certa garantia as partes envolvidas numa negociação.

Mas o caminho ainda é um pouco longo. Em novembro do ano passado o Banco Central emitiu comunicado alertando que as criptomoedas não são emitidas nem garantidas por qualquer autoridade monetária, por isso não têm garantia de conversão para moedas soberanas.

Se gostou, conheça e curta a nossa página oficial do facebook:
https://www.facebook.com/moedasvirtuaisbrasil/